Doçura

Existem pessoas como a cana, que mesmo postas na moenda, reduzidas ao bagaço, só sabem dar doçura.

Anúncios

O Valor das Mensagens

Certo homem procurou um sábio que vivia numa choupana à beira de um rio e lhe disse:
– Mestre, tenho lido tantos textos sagrados, tantos livros inspirados, tantos pensamentos edificantes. Tenho ouvido tantas palavras boas em sermões, em programas de rádio e televisão. Entretanto, depois de algum tempo os esqueço, não me lembro mais deles. De que adianta então ? Como pode isso me ajudar a melhorar a minha vida?
O sábio olhou para o homem e falou:
– Vê estes cestos sujos que estão ao lado da cabana? Pega um deles e vai até o rio buscar água com ele. O homem foi, encheu o cesto com água e voltou depressa à choupana. Lá chegando, não havia mais água no cesto. Novamente o sábio o enviou ao rio com a mesma incumbência. Ele foi e, voltando, novamente a água havia escorrido do cesto. Pela terceira vez ele teve de cumprir a tarefa e,… a mesma coisa aconteceu!
Então o sábio disse ao homem:
– Está bem, não conseguiste trazer água, porque ela escorreu. Mas olha para o cesto. Ele estava sujo e agora está limpo. Assim são as boas palavras que lês e ouves. Embora as esqueças, elas passaram pela tua mente, limparam seu interior, transformando-te, cada vez mais, na pessoa que deves ser, para a qual Deus te criou, para o teu bem e do teu próximo.

Acreditar

Acredito na extraordinária e espantosa manifestação da natureza, acredito na boa índole das pessoas, acredito que o pensamento positivo pode nos ajudar a alcançar objetivos terrenos e espirituais, acredito no resultado do trabalho feito com honestidade e responsabilidade, acredito que é possível se comunicar sem palavras, acredito que cada um cria dentro de si a sua própria religião e traz no peito um Deus que prescinde de intermediários e propaganda. O único milagre é estar vivo. O resto está sujeito à incredulidade ou à devoção, conforme a fé de cada um.
Martha Medeiros

Há certas horas…

Há certas horas, em que não precisamos fazer amor. Não precisamos da paixão desmedida. Não queremos beijo na boca e nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama. Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado, sem nada dizer. Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir. Alguém que ria de nossas piadas sem graça, que ache nossas tristezas as maiores do mundo, que nos teça elogios sem fim e que, apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável. Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado. Alguém que nos possa dizer: Acho que você está errado, mas estou do seu lado. Ou alguém que apenas diga: Sou seu amor, e estou aqui! Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de sorte ou mero acaso.  É estar perto das pessoas que amamos, que nos fazem bem e que nos querem bem.  É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso. É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras.  Evitar sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva, e as mágoas que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los.  É valorizar as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós são destinados. É saber ignorar, da forma mais fina e elegante possível, aqueles que dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter nunca valeram um milésimo do tempo que você perdeu ao escutá-las.

Bendita seja a claridade das palavras

De repente, um silêncio tão bem dito que não entendi mais nada. Ao contrário de outros, alguns silêncios apagam a luz. Bendita seja a claridade das palavras também quando permitem que dúvidas sejam dissolvidas. Que equívocos não sejam alimentados. Que distâncias não cresçam. Que a confiança prevaleça. Que o afeto não se torne encabulado. Bendita seja a claridade das palavras também quando ficamos no escuro da incompreensão, tateando as paredes deste cômodo pouco ventilado à procura de um interruptor qualquer que acenda o nosso entendimento.  Bendita seja a claridade das palavras também quando aproximam, em vez de afastar. Quando nos possibilitam o conforto da verdade, mesmo que ela desconforte. Quando simplesmente queremos saber o que está acontecendo com as pessoas que amamos simplesmente porque amamos.  Bendita seja a claridade das palavras quando ditas com o coração. Ele sabe como acender a luz.

Sabedoria

Quando você conseguir superar graves problemas de relacionamentos, não se detenha na lembrança dos momentos difíceis, mas na alegria de haver atravessado mais essa prova em sua vida. Quando sair de um longo tratamento de saúde, não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar, mas na bênção de Deus que permitiu a cura. Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades. Elas serão uma prova de sua capacidade, e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo.
Uns queriam um emprego melhor, outros, só um emprego.
Uns queriam uma refeição mais farta, outros, só uma refeição.
Uns queriam uma vida mais amena, outros, apenas viver.
Uns queriam pais mais esclarecidos, outros, ter pais.
Uns queriam ter olhos claros, outros, enxergar.
Uns queriam ter voz bonita, outros, falar.
Uns queriam silêncio, outros, ouvir.
Uns queriam sapato novo, outros, ter pés.
Uns queriam um carro, outros, andar.
Uns queriam o supérfluo, outros, apenas o necessário.
Há dois tipos de sabedoria: a inferior e a superior.
A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe. Tenha a sabedoria superior. Seja um eterno aprendiz na escola da vida.
A sabedoria superior tolera, a inferior julga.
A superior alivia, a inferior culpa.
A superior perdoa, a inferior condena.
Tem coisas que o coração só fala para quem sabe escutar!

(Chico Xavier)

A vida sem amor não tem sentido

O dia mais belo? Hoje.
A coisa mais fácil? Errar.
O maior obstáculo? O medo.
O maior erro? O Abandono.
A raiz de todos os males? O egoísmo.
A distração mais bela? O trabalho.
A pior derrota? O desânimo.
Os melhores professores? As crianças.
A primeira necessidade?  Comunicar-se.
O que mais lhe faz feliz? Ser útil aos outros.
O maior mistério? A morte.
A pessoa mais perigosa? A mentirosa.
O pior sentimento? O rancor.
O presente mais belo? O perdão.
O mais imprescindível? O lar.
A rota mais rápida? O caminho certo.
A sensação mais agradável? A paz interior.
A proteção efetiva? O sorriso.
O melhor remédio? O otimismo.
A força mais potente do mundo? A Fé.
As pessoas mais necessárias? Os pais.
A mais bela de todas as coisas? O amor.

A inteligência sem amor te faz perverso.
A justiça sem amor te faz implacável.
A diplomacia sem amor te faz hipócrita.
O êxito sem amor te faz arrogante.
A riqueza sem amor te faz avaro.
A docilidade sem amor te faz servil.
A pobreza sem amor te faz orgulhoso.
A beleza sem amor te faz ridículo.
A autoridade sem amor te faz tirano.
O trabalho sem amor te faz escravo.
A simplicidade sem amor te deprecia.
A oração sem amor te faz introvertido.
A lei sem amor te escraviza.
A política sem amor te deixa egoísta.
A fé sem amor te deixa fanático.
A cruz sem amor se converte em tortura.

Chico Xavier

Declaração de Amor

“Tu não sabes quem eu sou, mas eu sei quem tu és… e só preciso de um minuto da tua atenção. Espero que saibas a sorte que tens. O quanto eu gostaria de estar na tua pele. Poder estar na mesma cama que ela todas as manhãs. Ajudá-la a acordar da má disposição matinal. Espero que saibas que ela não te vai falar enquanto não lavar os dentes. Não é por mal… é por medo de perder o encanto aos teus olhos. Que a consideres um ser humano comum. Espero que saibas que ela gosta de aproveitar cada raio de sol, e que o café a deixa mal disposta. Que escolhe a roupa que vai vestir na noite anterior, só para poder ter mais cinco minutos de sono pela manhã. Que o despertador toca cinquenta vezes até que se levante, e que mesmo assim, consegue chegar a horas. Quero também dizer-te que ela adora histórias do fantástico. Mas não de terror! Que é capaz de saber o nome de todas as personagens de um livro antigo, mas que não se vai esforçar para decorar o nomes de todos os teus amigos à primeira. Porque ela… ela é que sabe de si. Tu nunca serás uma sorte para ela. Sorte é poderes tê-la na tua vida. Sabes? Ela não é romântica por natureza, mas uma demonstração espontânea da tua parte vai fazê-la fraquejar. Porque ela é segura e doce ao mesmo tempo. Ela não sabe cozinhar, mas vai esforçar-se para fazer o teu prato preferido. E se não estiver bom, ela vai rir-se do fracasso, em vez de corar. E quando ela ri… quando ela ri eu tenho vontade de chorar. Não de tristeza, mas porque cada gargalhada é como uma nota musical que toca ao coração e me faz querer dançar. Ela é tudo o que eu queria e nunca soube que tive. Aprende que a arritmia que sentes com ela é normal! E que a falta dela é um vazio igual à morte. Espero que sejas tudo aquilo que eu nunca fui. Espero que a trates bem. Porque se lhe partires o coração vais perdê-la para sempre.  Pudesse eu ter lido o futuro.”

Prosseguindo

A felicidade mantém você doce, dores mantêm você humano, quedas te mantêm humilde, provações te mantêm forte, mas, somente DEUS te mantém prosseguindo!

Saia de cima do prego!

Há uma metáfora muito interessante, que narra a viagem de um escritor.

Em dado ponto da estrada, que cortava um deserto norte-americano, o homem resolve parar o carro num posto de gasolina para abastecê-lo. Vê um velhinho perto da bomba de combustível e ao seu lado um cachorro deitado, que uivava de dor. O homem pede que o velhinho ponha a gasolina e fica observando intrigado o cachorro, que não para de gemer.

– O que acontece com esse cão? – Perguntou o escritor ao velho. – Por que ele não para de uivar?
– Ah! É porque ele está deitado na tábua.
– Só por isso?
– Bem, é que na tábua há um prego.
– Sei… E porque ele simplesmente não sai de cima do prego?
– Meu amigo – responde o velhinho -, é porque a dor é suficiente apenas para que ele gema e se lamente. Mas não é suficiente para que ele saia de cima do prego.
 
Em muitos momentos agimos assim. Algo nos incomoda, chateia e atrapalha o crescimento em diversos sentidos. Contudo, nos habituamos tanto àquele estado de coisas que vamos deixando simplesmente as coisas ficarem como estão. Até nos queixamos, reclamamos, mas pouco empreendemos na direção de uma mudança real.
A possibilidade de mudança está na atitude e não na fala.
Falar apenas é um hábito que nos mantém em cima do prego
 
(Crystal Espaço Terapêutico)

O que prevalece agora

 O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida. Essa perspectiva que me faz admirar, incansáveis vezes, antigas preciosidades. Essa vontade de bendizer tantas maravilhas. Esse sentimento de gratidão pelas coisas mais simples que existem. Esse canal que escolho assistir com mais frequência. Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração. O que prevalece agora é essa apreciação mais desperta, que me permite reinaugurar flores e céus e pessoas no meu olhar. Essa graça que encontro, de graça, nos detalhes mais singelos. Essa vontade de contribuir. Esse desejo de brincar de roda. O que prevalece agora é a confortável suposição de que, por trás de tantas e habituais nuvens, esse contentamento faz parte da nossa natureza perene. Os problemas, os desafios, as limitações, não deixaram de existir. Deixaram apenas de ocupar o espaço todo.

Ana Jácomo

Depois

Depois de sonhar tantos anos, de fazer tantos planos, de um futuro pra nós. Depois de tantos desenganos, nós nos abandonamos como tantos casais. Quero que você seja feliz, hei de ser feliz também Depois de varar madrugada, esperando por nada, de arrastar-me no chão Em vão, tu viraste-me as costas, não me deu as respostas, que eu preciso escutar. Quero que você seja melhor, hei de ser melhor também! Nós dois, já tivemos momentos, mas passou nosso tempo, não podemos negar. Foi bom, nós fizemos histórias, pra ficar na memória e nos acompanhar Quero que você viva sem mim, eu vou conseguir também! Depois de aceitarmos os fatos, vou trocar seus retratos pelos de um outro alguém. Meu bem, vamos ter liberdade, para amar à vontade, sem trair mais ninguém. Quero que você seja feliz, hei de ser feliz também! Depois…
 

21 de Março – Dia Internacional da Síndrome de Down

Quando…

Quando o olho não está bloqueado, o resultado é a visão. Quando a mente não está bloqueada, o resultado é a sabedoria,

e quando o espírito não está bloqueado, o resultado é o Amor.

12 de Fevereiro – Feliz Aniversário Meu Amado Filho, Paulo Henrique!

Meu amado e único filho,
Gostaria que você soubesse que, tão logo nasceu se tornou o sentido, a prioridade absoluta e a principal fonte de alegria de minha vida. Queria que perdoasse meus tropeços, incertezas e imprevidência. E que aceitasse meus desejos e votos a seguir como um presente singelo, mas que vem das mesmas entranhas e alma que antes te acolheu ainda semente. Entre tantas outras coisas que, como mãe, lhe desejo, gostaria que você descobrisse que o infinito é uma palavra séria. Que certas estrelas ficam tão longe nos confins do Universo que, no momento em que as vemos, a luz delas já se apagou há muito, muito tempo. Muito além do que conseguimos enxergar, elas já morreram. Mas continuam e continuarão brilhando, céu afora, sabe-se lá por quantos milhões de anos ainda. Considere filho, que nesse infindável vazio flutuante, nosso planetinha gira, banhado pelos raios do sol. E que nesse planetinha – e, por enquanto, ao que se saiba, apenas nele – a vida se entrelaça de bilhões de formas imagináveis. Como, talvez, em nenhum outro lugar de toda essa vastidão misteriosa que nos circunda. Nunca se esqueça de que essa explosão de vida, a natureza, é tão fascinante quanto cruel. Pode ser a paisagem irretocável que nos comove – e também a fúria que, num piscar de olhos, a devasta. São os filhotes com sua doçura cativante e frágil – mas também criaturas que devoram implacavelmente umas às outras. Na natureza, a curto, médio ou longo prazos, depende, toda forma de existência vive ao relento. Feito as estrelas, estão condenadas a um dia deixar de brilhar. Tudo passa. Tudo precisa passar. Não tem jeito. É assim. Que essa aparente fatalidade, filho, não o assuste. Ao contrário. Tomara que ela o faça perceber quanto nós, seres humanos, somos privilegiados. Por podermos contemplar a criação e a evolução “sentados num camarote” se comparados a tantas outras espécies.

Meu filho. Seja previdente, mas permita-se sempre realizar certos sonhos. Não se considere imune a nada. Tudo, absolutamente tudo nessa vida é possível. Os sonhos mais ousados. As dores mais lancinantes. Agradeça aquilo que o destino lhe reservar. Os bons momentos alegram a alma. Os ruins ajudam a lapidá-la. Ambos acabam um dia ficando para trás e cada qual traz suas próprias lições.  Persiga sempre o discernimento. É ele que lhe permitirá essa fotossíntese renovadora que transforma lágrimas em risos. E em luz a obscuridade.

(Adaptado por Simoneuza Oliveira
de José Ruy Gandra)

Feliz Aniversário! Você é o meu Presente Eterno de Deus. Te Amo Demais Meu Filho!

A Alegria

A alegria tonifica o espírito. A dor o enaltece.
A alegria forma o caráter; a dor, a vontade.
A alegria impulsiona em direção ao sentimento; a dor, rumo ao universo, para o verdadeiro amor.
A alegria harmoniza a nossa capacidade de viver; a dor aperfeiçoa a nossa capacidade de superação.
Ambos são essenciais para a nossa evolução.

(Sto. Agostinho)

Não Acaba

O amor vive no tempo porque deixa rastros. Paixão se esquece, e amor nem enterrando acaba.

Fabrício Carpinejar


Salvação

Declaro-me Vivo!

Saboreio cada momento. Antigamente me preocupava quando os outros falavam mal de mim. Então fazia o que os outros queriam, e a minha consciência me censurava. Entretanto, apesar do meu esforço para ser bem educado, alguém sempre me difamava. Como agradeço a essas pessoas, que me ensinaram que a vida é apenas um cenário! Desse momento em diante, atrevo-me a ser como sou. A árvore anciã me ensinou que somos todos iguais. Sou guerreiro: a minha espada é o amor, o meu escudo é o humor, o meu espaço é a coerência, o meu texto é a liberdade. Perdoem-me, se a minha felicidade é insuportável, mas não escolhi o bom senso comum. Prefiro a imaginação dos índios, que tem embutida a inocência. É possível que tenhamos que ser apenas humanos. Sem Amor nada tem sentido, sem Amor estamos perdidos, sem Amor corremos de novo o risco de estarmos caminhando de costas para a luz. Por esta razão é muito importante que apenas o Amor inspire as nossas ações. Anseio que descubras a mensagem por detrás das palavras; não sou um sábio, sou apenas um ser apaixonado pela vida. A melhor forma de despertar é deixando de questionar se nossas ações incomodam aqueles que dormem ao nosso lado. A chegada não importa, o caminho e a meta são a mesma coisa. Não precisamos correr para algum lugar, apenas dar cada passo com plena consciência. Quando somos maiores que aquilo que fazemos, nada pode nos desequilibrar. Porém, quando permitimos que as coisas sejam maiores do que nós, o nosso desequilíbrio está garantido. É possível que sejamos apenas água fluindo; o caminho terá que ser feito por nós. Porém, não permitas que o leito escravize o rio, ou então, em vez de um caminho, terás um cárcere. Amo a minha loucura que me vacina contra a estupidez. Amo o amor que me imuniza contra a infelicidade que prolifera, infectando almas e atrofiando corações. As pessoas estão tão acostumadas com a infelicidade, que a sensação de felicidade lhes parece estranha. As pessoas estão tão reprimidas, que a ternura espontânea as incomoda, e o amor lhes inspira desconfiança. A vida é um cântico à beleza, uma chamada à transparência. Peço-lhes perdão, mas…. DECLARO-ME VIVO!

(Texto do índio Quechua, Chamalú)

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes

%d blogueiros gostam disto: