Meu filho, presente de Deus. 26 Anos!

ImagemImagemDia 11 de fevereiro de 1989, um domingo tranquilo, pós-carnaval. À noite uma festinha de aniversário de criança, e como a barriga de grávida nunca incomodou, de lá, é claro, uma esticadinha no Mikado para jantar. Em casa, por volta da meia-noite, dia 12 de fevereiro, você começava a demonstrar que, enfim, a ansiedade de te ver chegar iria acabar! Quantos sentimentos juntos! Um parto tão único quanto você; a emoção e o sentimento é que, dali em diante de fato, eu teria minha vida batendo fora do peito. Que seria eternamente grata à Deus por esse privilégio e, com o passar dos anos, que privilégio!!! Você, meu filho, sempre foi um exemplo de filho, pessoa. Desde cedo, ainda bem criança, tirou a bermudinha no carro para dar a uma criança pedinte, sem ter noção, ainda, do mundo como era. Nunca precisei te falar para estudar, comer, fazer tuas obrigações… disciplina e sorriso, aliados, fizeram com que você se tornasse o homem que hoje é. Um ser humano digno, competente e responsável, mas que sempre soube brincar, divertir-se, sorrir com os amigos, independente se eram mais estudiosos como você, ou se eram da turma do “fundão”, nunca fizeste nenhuma distinção, sempre amigo, sempre brincalhão, mas com suas responsabilidade sendo priorizadas também.

Tenho hoje, uma sensação gostosa de uma missão bem cumprida, misturada com uma saudade imensa e diária do meu “bebê”, “menino”, “adolescente”, de cada fase que eu acompanhei e vivi, do meu filho de ontem e de hoje, de tudo que vivemos e do que ainda podemos viver. Uma calma conforta meu coração, quando acordo (e sempre acordo), pensando onde você pode estar, a calma de saber o homem do bem que és, a sua formação e seu caráter, mas sempre seguida de uma prece: Meu Deus, tomai conta do meu filho amado!

Hoje, 26 anos após aquele ano do teu nascimento, só tenho a cada dia, a agradecer mais e mais pela tua vida, pela bênção que és na minha vida e na vida de toda a família que te ama. Que Deus, em Sua Infinita Bondade, te abençoe mais e mais a cada dia, te trazendo sempre boas novas, sonhos a se realizarem, pessoas do bem a te cercarem, amor, paz, humildade, sucesso e fé. Te amo muito meu filho amado! Feliz Aniversário!

Natal Somos Nós…

IMG-20141209-WA0000[1]Quando decidimos nascer de novo, a cada dia, nos transformando. Somos o pinheiro de natal quando resistimos vigorosamente aos tropeços da caminhada. Somos os enfeites de natal quando nossas virtudes, nossos atos, são cores que adornam. Somos os sinos do natal quando chamamos, congregamos e procuramos unir. Somos luzes do natal quando simplificamos e damos soluções. Somos presépios do natal quando nos tornamos pobres para enriquecer a todos. Somos os anjos do natal quando cantamos ao mundo o amor e a alegria. Somos os pastores de natal quando enchemos nossos corações vazios com Aquele que tudo tem. Somos estrelas do natal quando conduzimos alguém ao Senhor. Somos os Reis Magos quando damos o que temos de melhor, não importando a quem. Somos as velas do natal quando distribuímos harmonia por onde passamos. Somos Papai Noel quando criamos lindos sonhos nas mentes infantis. Somos os presentes de natal quando somos verdadeiros amigos para todos. Somos cartões de natal quando a bondade está escrita em nossas mãos. Somos as orações do natal quando nos tornamos louvor, oferenda e comunhão. Somos as ceias do natal quando saciamos de pão, de esperança, qualquer pessoa do nosso lado. Somos as festas de natal quando nos despimos do luto e vestimos a gala. Somos sim, a Noite Feliz do Natal, quando humildemente e conscientemente, mesmo sem símbolos e aparatos, sorrimos com confiança e ternura na contemplação interior de um natal perene que estabelece seu Reino em nós.

Antes de Ser Mãe…

Simoneuza - Infinito Particular

fases PH

Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes. Eu não tinha roupas manchadas. Eu tinha longas conversas ao telefone. Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queria e nunca me preocupava com a hora de ir para cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes. Antes de ser mãe eu limpava minha casa todos os dias. Eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de ninar. Antes de ser mãe eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas eram coisas que eu não pensava. Antes de ser mãe ninguém vomitou ou fez xixi em mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos e unhas finas. Antes de ser mãe eu tinha controle sobre minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos… Eu dormia a noite toda. Antes de ser mãe…

Ver o post original 249 mais palavras

Pôr do sol no Potengi – RN. Espetáculo da natureza e da cultura e arte potiguares.Ao som de sax, Ave Maria no violino e vários shows para fechar o dia.Iate Club de Natal, todas as terças, quartas e quintas, às 17h.

%d blogueiros gostam disto: