Kseniya Simonova

Simplesmente Fantástico!
Kseniya Simonova foi a ganhadora da edição Ucraniana do Got Talent. Na final, ao vivo, fez uma animação da invasão da Alemanha na Ucrânia durante a Segunda Guerra Mundial, tendo usado os dedos e uma superfície com areia. Trouxe lágrimas aos olhos de juízes e do público. São 8 minutos maravilhosos que demonstram um talento especial e trazem, através da arte, a memória viva de uma guerra que marcou várias gerações.


Anúncios

Chico Xavier

Vida é o amor existencial. Razão é o amor que pondera.
Estudo é o amor que analisa.
Ciência
é
o amor que investiga.
Filosofia é o amor que pensa. Religião é o amor que busca a
Deus.
Verdade é o amor que
eterniza.
Ideal
é
o amor que se eleva.
é o amor que transcende. Esperança é o amor que sonha. Caridade é o amor que auxilia.
Fraternidade é o amor que se
expande.
Sacrifício
é
o amor que se esforça.
Renúncia é o amor que depura. Simpatia é o amor que sorri. Trabalho é o amor que constrói.
Indiferença é o amor que se
esconde.
Desespero é o amor que se
desgoverna.
Paixão é o amor que se desequilibra. Ciúme é o amor que se
desvaira.
Orgulho
é
o amor que enlouquece.
Sensualismo é o amor que se envenena.
Finalmente, o
Ódio, que julgas ser a antítese do amor, não é senão o
próprio amor que adoeceu gravemente.

 

Embora ninguém
possa voltar atrás e fazer um novo começo,

Qualquer um pode
começar agora e fazer um novo fim.

 

 Confie
sempre, não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda que os teus pés
estejam sangrando, segue para frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti
mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera com paciência. Tudo passa e
tudo se renova na Terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes
os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmo,
porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.
Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha
a alvorada além da noite. Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o
coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te
com a morte.  Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

 

O Cristo não pediu
muita coisa, não exigiu que as pessoas escalassem o Everest ou fizessem grandes
sacrifícios. Ele só pediu que nos amássemos uns aos outros.

 

Todas as doutrinas
religiosas têm a sua razão de ser no seio das coletividades, onde foram
chamadas a desempenhar a missão de paz e de concórdia humana. Todos os seus
males provêm justamente dos abusos do homem, em amoldá-las ao abismo de suas
materialidades habituais.

 

Deus nos concede, a
cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo
que colocarmos nela, corre por nossa conta.

 

Lembra-te sempre:
Cada dia nasce de novo amanhecer.

 

A felicidade não entra
em portas trancadas.

 

Sonhos não morrem,
apenas adormecem na alma da gente.

 

Uma das mais belas
lições que tenho aprendido com o sofrimento:

Não julgar,
definitivamente não julgar a quem quer que seja.

 

O Velho Testamento,
que é a palavra dos profetas, é o homem desesperado com os problemas da vida
criados por ele mesmo, batendo à porta de Deus. O Novo Testamento, contendo os
ensinamentos de Jesus, é a resposta de Deus ao homem de todos os tempos.

 

A gente pode morar
numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e
até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos,
comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser
obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e
sentir que tudo está mais ou menos… TUDO BEM! O que a gente não pode mesmo,
nunca, de jeito nenhum… é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo
mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar
mais ou menos.

Senão a gente corre
o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.

 

            

%d blogueiros gostam disto: